Skip to Store Area:

ELETRO AQUILA - Componentes Eletrônicos

Eletro Aquila - Componentes Eletrônicos

Página Técnica

Dicas de Segurança em Eletrônica

CUIDADOS NA MANUTENÇÃO 
AUTOR: MOISÉS F. PEREIRA
 

Introdução
 

A iniciativa de fazer essa obra se deve ao fato de problemas sérios que vêm ocorrendo pelo Brasil e pelo mundo devido a falta de informação que existe quantos aos cuidados que se devem tomar ao dar manutenção em aparelhos eletrônicos. 
Após 20 anos trabalhando no ramo, acredito que posso repassar a todos um pouco de minha experiência obtida no assunto. 
Pergunta-se: É perigoso ligar com aparelhos eletrônicos ? 
A resposta é: Sim, se você não tiver um bom preparo 
Na verdade todos os trabalhos escondem mistérios que só pessoal experiente e especializado no assunto conhece. 
Uma tarefa fácil para um técnico pode-se tornar desastrosa para um leigo no assunto 
Vamos citar um exemplo de outro ramo de atividade para você perceber de que forma os perigos se escondem. 
Um senhor tinha uma chácara onde passava finais de semana e ali existia um poço raso ( não tinha mais que 5 metros de profundidade) 
Um dia houve um problema no poço que não me lembro qual era e fez-se necessário descer no poço. 
Ao encarar o poço ele observou que não existia perigo aparente pois podia-se perfeitamente ver o fundo do poço. 
Sendo assim ele resolveu descer no poço achando que estava tudo sob controle. 
Quando estava lá no fundo sentiu repentina falta de ar e uma tontura quase que imediata e percebeu que estava prestes a perder a consciência. 
Por sorte foi puxado rapidamente pelo seu filho que estava em cima Notem que isso poderia ter sido fatal pois ele poderia morrer em poucos minutos se não fosse retirado de lá. Ele desconhecia o gás carbônico que costuma formar-se em certos poços e que mata por asfixia e a aparente segurança poderia ter-lhe custado a vida. 
Vamos agora para os riscos elétricos 

Redes de alta tensão 

Muitas pessoas principalmente as que trabalham na construção civil estão em perigo. Isso porque ignoram a elevada tensão que alguns fios possuem. 
Se você observar um poste verá que geralmente existem 3 ou 4 fios na vertical. Aqueles fios são de baixa tensão sendo geralmente um neutro e outros cada um uma fase de 110V. 
Mais acima, porém, existem outros fios na horizontal. Esses são os fios de alta tensão. 
Qualquer descuido para com os fios de alta tensão será fatal. Isso porque a alta tensão se propaga facilmente através de qualquer material. 
É claro que se o objeto for metálico, como um cano por exemplo, o risco de morte será maior. Porém a alta tensão também pode ser fatal mesmo que seja um objeto de madeira, como um caibro. 
Imagine um trabalhador sem experiência manipulando um caibro de madeira prestes a esbarrar com ele em um fio de alta tensão. Quanto maior for a umidade presente no caibro e a falta de isolação entre seu pé e o solo, maior será o choque. 
Se for um cano de ferro, então, o choque será fatal. Além do choque é comum também o risco de queda que o operário corre após levar o choque. 
Em suma, quanto maior a tensão maior é a dificuldade de isolamento. Por exemplo: Um alicate que isola até 1000V e que usamos para trabalhar com redes domésticas, não serve para trabalhar com tensões mais elevadas 
Ou seja, aquele plástico que recobre o cabo do alicate nada representa para uma linha de alta tensão. 
Estamos falando de redes de alta tensão. Mas você não deve desconsiderar os perigos oferecidos por redes de baixa tensão. 
Se você estiver descalço e tocar em um fio de 110V o choque será violento. Se o piso tiver alguma umidade ou água esse choque será ainda mais forte. 
Eu já levei um choque muito forte na época em que prestava manutenção em lavadoras de roupa. 
Estava usando uma extensão que tinha um pequeno ponto descascado no fio. E em ambientes como esses o piso sempre é úmido devido aos testes que fazemos com a lavadora. 
O choque que ele levei ali não desejo para ninguém, nem para o meu maior inimigo. 

Fornos de Microondas

Nunca abra seu forno de microondas, seja você for leigo ou técnico na área de eletrônica, sem antes ter algum preparo. Falo isso porque sei que nós técnicos em eletrônica gostamos de consertar tudo o que existe em casa e que seja elétrico ou eletrônico. 
Existem dois perigos neste aparelho. 
1- As microondas que são emitidas para cozinhar os alimentos. Se elas se espalharem podem causar queimaduras internas nas pessoas e animais. 
2- A alta tensão associada a alta capacidade de corrente Quem já tomou choque em televisão e levou somente um susto pode achar que é o mesmo nos aparelhos de microondas. Isso é um engano pois nos aparelhos de TV geralmente temos alta tensão sem capacidade de corrente. 
Já no microondas, aquele transformador fornece alta tensão mas com uma boa capacidade de corrente. 
A dica é: Trabalhar sempre com o aparelho fora da tomada ! 
Ligue somente para fazer os testes e mantenha-se sempre afastado do transformador e do capacitor de alta tensão. 
Vale lembrar que aquele capacitor guarda alta tensão por algum tempo após desligado o aparelho 
Dica: Tome cuidado redobrado com qualquer aparelho que utilize transformadores avantajados ! 

A isolação nos aparelhos eletrônicos

Todos os aparelhos tem que ter isolação da rede elétrica, isso porque o usuário está sempre em contato com os aparelhos e todo aparelho tem algum ponto metálico onde o usuário sempre acaba tocando. 
Um dos primeiros exemplos disso eram os rádio-gravadores que tinham suas saídas e entrada de áudio. As saídas sempre são metálicas e estão ligadas diretamente ao circuito. 
Mas nos aparelho dessa natureza não existia problema de choque pois todos eles utilizavam transformador interno. 
Os transformadores desse aparelhos são isolantes perfeitos pois tem o primário totalmente isolado do secundário. 
Sendo assim não existem riscos de choque. 
Mas a maioria dos aparelhos não tem transformador ou utilizam auto-transformador . 
Autotransformador é um transformador que não possui um primário separado do secundário, ou seja, a entrada e a saída estão no mesmo enrolamento. 
Vamos começar pelos aparelhos de TV mais antigos. Pelo menos os fabricados até 1993 pelo que eu me lembre possuíam 2 capacitores ligados internamente a antena. Esses capacitores servem para fazer o isolamento entre o usuário e o chassis. Um chassi de TV pode ter um potencial muito elevado pois a tensão da rede é retificada e as vezes até dobrada o que pode provocar no usuário um choque muito perigoso. 
Já houveram relatos de crianças que faleceram devidos a choque dessa natureza. 
Notem que em caso de falha no isolamento tudo que estiver ligado a antena ficará perigosamente eletrificado. 
Por exemplo: Vídeo-cassetes, conversores de UHF, decodificadores de TV a cabo e outros aparelhos que as pessoas costumam colocar em cima da TV. 
O risco se agrava pois as pessoas em casa geralmente não usam calçados isolantes como nas oficinas. 
Geralmente elas estão de chinelos (que são pouco isolantes), meias, ou até mesmo descalças na maioria das vezes e seus pisos geralmente não são de madeira que são melhores isolantes. 
Os televisores mais modernos dispensaram os capacitores isolantes de antena, isso porque seus chassis são isolados. 
Temos basicamente dois tipos de chassis isolados 
1- Chassis parcialmente isolados onde somente a parte que vai para a interface externa: ( sintonizador e entradas e saídas A/V) são isoladas. Geralmente o isolamento é feito por um pequeno transformador ou ainda retirando a alimentação do secundário do fly-back . 
2- Chassis totalmente isolado 
Nesse caso o chopper (transformador da fonte chaveada) é construído de maneira a ter o primário e o secundário totalmente isolados. Sendo assim o próprio chopper já serve como isolador. 
Mesmo assim ainda existe risco do isolamento ser rompido. 
Veja alguns exemplos 
1- Curto em capacitores 
Existem um ou mais capacitores de disco que fazem um ligação entre o primário e o secundário do circuito. 
Esses capacitores têm alta isolação mas mesmo assim em caso de um raio ele pode entram em curto e passar a comportar-se como um condutor. 
2- O próprio chopper pode vir a apresentar fuga entre seus lados primário e secundário. 
3- Os fios da bobina desmagnetizadora que pertencem ao lado primário podem vir a encostar malha de aterramento do tubo que pertence ao secundário. 
Por isso faça sempre um teste de isolação em todo aparelho que consertar: 
3.1 - Coloque um multímetro na escala DC 10V 
3.2 - Coloque a ponta preta do multímetro no aterramento de sua oficina ou ainda no fio neutro da rede. 
3.2 - Encoste a ponta vermelha do multímetro o em um terminal da antena ou ainda em um ponto metálico do aparelho. Se houver uma leitura superior a 1 VDC é sinal que existe algo errado com o isolamento do aparelho.

Voltar

 

* Estamos desde 1983 no mercado, possuimos produtos antigos e difíceis de ser encontrados, "mosca branca".

Entre em CONTATO para obter informações de preço e disponibilidade de estoque.

 

Clique aqui para voltar para a loja virtual